segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Book externo: Larissa

Fotografar alguém que conhecemos bem, é mais difícil. Pois queremos mostrar as características da pessoa em cada foto. E acredito que um dos princípios da fotografia seja esse, querer contar com uma foto a história de uma pessoa. Segundo o livro "A câmara clara, Roland Barthes", a fotografia possui máscaras quando fotografamos um rosto, e essa seria a parte mais difícil. Como vemos fotos de rostos no período de escravidão, e estas máscaras que eles "usam", demonstra todo o sentindo e sofrimento que eles sentem, mas é claro que também para entender tal foto os espectadores devem possuir um pouco conhecimento para identificar a foto ao período. Descobri que a foto é muito mais do que uma imagem, pois com a pessoa que fotografei neste sábado, eu possuo memórias meio vagas, de quando era pequena, por causa das fotos.. Não sei se lembro de como ela era, ou é apenas a fotografia que me fez lembrar dos momentos em que fomos fotografadas juntas na minha infância. Então percebi que a fotografia compartilha da lembrança e sentimento junto, podemos voltar ao passado, e sentir aquilo novamente. Então espero que não hoje, mas daqui a muitos anos, a Larissa veja as fotos e se lembre deste dia, do sentimento e do sorriso que ela carregava aqui e o porque dele, e que isto seja o motivo para ela sorrir sempre, e manter uma lembrança boa dos dias que ela passou.

Um comentário:

  1. Aline, fico muito orgulhosa de ver teu trabalho e também de ter feito parte dele.
    Tens um talento incrivel e através da fotografia estás revelando-o. Adorei brincar de ser tua modelo, dar risadas e é claro ver o resultado final com essas fotos lindas. Parabéns prima!!! Beijaoo.

    ResponderExcluir